terça-feira, 24 de maio de 2011

"AH, BRUTA FLOR DO QUERER"

by Rosana Souza

O QUERERES
Caetano Veloso

Onde queres revólver, sou coqueiro;
Onde queres dinheiro, sou paixão!

Onde queres descanso, sou desejo;
E onde sou só desejo, queres não!

E onde não queres nada, nada falta;
E onde voas bem alto, eu sou o chão;

E onde pisas no chão,
Minha alma salta: e ganha liberdade na amplidão...

Onde queres família, sou maluco;
E onde queres romântico, burguês!

Onde queres leblon, sou pernambuco;
E onde queres eunuco, garanhão!

E onde queres o sim e o não, talvez;
Onde vês, eu não vislumbro razão!

Onde queres o lobo, eu sou o irmão;
E onde queres cowboy, eu sou chinês!

Ah, bruta flor do querer...
Ah, bruta flor, bruta flor!

Onde queres o ato, eu sou o espírito;
E onde queres ternura, eu sou tesão!

Onde queres o livre, decassílabo;
E onde buscas o anjo, eu sou mulher!

Onde queres prazer, sou o que dói;
E onde queres tortura, mansidão!

Onde queres o lar, revolução;
E onde queres bandido, eu sou o herói!

Eu queria querer-te amar o amor,
Construírmos dulcíssima prisão;

E encontrar a mais justa adequação:
Tudo métrica e rima e nunca dor!

Mas a vida é real e é de viés,
E vê só que cilada o amor me armou:

Eu te quero e não me queres como sou;
Não te quero e não me queres como és...

Ah, bruta flor do querer...
Ah, bruta flor, bruta flor!

Onde queres comício, flipper vídeo;
E onde queres romance, rock'n roll!

Onde queres a lua, eu sou o sol;
Onde a pura-natura, o inseticídeo!

E onde queres mistério, eu sou a luz;
Onde queres um canto, o mundo inteiro!

Onde queres quaresma, fevereiro;
E onde queres coqueiro, eu sou obus!

O quereres e o estares sempre a fim,
Do que em mim é em ti tão desigual...

Faz-me querer-te bem; Querer-te mal:
Bem a ti, mal ao quereres assim:

Infinitivamente impessoal;
E eu querendo querer-te sem ter fim!

E querendo-te, Aprender o total...
Do querer que há;

E do que não há em mim.

10 comentários:

  1. amo a Caetano!
    gracias,Jair!

    mil besos*

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo Jair.
    Parabéns pelo bom gosto musical. Essa música é linda, embora eu ande um pouco decepcionado com o Caetano.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Querido jair...
    Sempre tirando do baú as músicas mais adequadas aos meus momentos complicados... parece áté que você adivinha... Adoro muita coisa do caetano, outras eu detesto de primeira... mas este é o caetano não é? Múltiplo até para os que o adoram... essa música é a essência das minhas dúvidas e complicações amororsas atuais... Beijinhos ansiosos....

    ResponderExcluir
  4. Eu também amo esse cara, embora prefira sua obra já feita como a letra dessa música, para mim um delírio poetico de Caetano, a mais bela de sua obra e muito significativa para mim. Um grande e forte abraço amiga.

    ResponderExcluir
  5. Meu querido prof Elian, adoro abrir meu blog e te encontrar aqui, gosto muito...essa letra acho que é tudo de bom que Caetano já fez na vida...acho que entendo um pouco tua decepção com ele, amo a obra dele, mas naõ digeri completamente seus últimos trabalhos...mas de qualquer forma, adorei tua visita. Um imenso e fofo abraço meu amigo.

    ResponderExcluir
  6. Pois é, querida Anaís, acho que existe uma sincronicidade em nossa história no cyber espaço, vim de teu último post renovado, embora seja viceral, como de costume, teus escritos, bebi na tua fonte e tento melhor agora, em minha nova reinvenção, uma nova busca...acho essa letra, essa música demais, faz uns três dias que coloco para tocar, repetindo, repetindo e vejo tanto de minha vida nas suas palavras, nas frases quase perfeitas inventadas por Caetano "e onde queres mistério eu sou a luz". A obra em si fala por si só, mas tem coisas que demoro a digerir. Adorei "outras detesto de primeira", acho que é insegurança, ou por amá-lo tanto, fico digerindo, talvez não querendo admitir que não gostei (risos). Mas tua visita de deixa feliz, me faz sentir em sintonia com cabeças pensantes e corações que intensamente sentem...um imenso e intenso abraço querida amiga.

    ResponderExcluir
  7. Jair, Jair, hola!! :-D

    Estos días no tengo mucho tiempo(problemas de salud de mi madre, visitas a doctores, etc, etc, pfrfffpuajjj) pero POR FIN he podido pasar a leerte! Bieeeen!

    Un grandísimo abrazo musical!!

    ResponderExcluir
  8. Mercedes, Mercedes, peço a Deus que já esteja tudo bem, contigo, tu madre...e eu muito feliz com tua visita, mesmo muito ocupada vens deixar teu carinho, esta letra de música acho quase perfeita, senão perfeita. Um imenso abraço fofo e carinhoso.

    ResponderExcluir
  9. Querido Jair, nada mais a acrescentar a não ser Parabéns pelo post!! Lindo esses quereres do Caetano!! E quem é que não tem também os seus quereres não é??!!
    Um beijo azul se apressado!! rsrsrs
    RO

    ResponderExcluir
  10. Amo sempre tua presença aqui, amada amiga e poeta Rosana. Um imenso abraço (desculpa a demora do comentárioo do comentário rsrsrsrsrs...)É e quem não tem...

    ResponderExcluir