quarta-feira, 2 de abril de 2014

QUEM NÃO SE PERMITE




esta é Martha Medeiros


QUEM MORRE ?

Morre lentamente
Quem não viaja,
Quem não lê,
Quem não ouve música,
Quem não encontra graça em si mesmo

Morre lentamente
Quem destrói seu amor próprio,
Quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente
Quem se transforma em escravo do hábito
Repetindo todos os dias os mesmos trajetos,
Quem não muda de marca,
Não se arrisca a vestir uma nova cor ou
Não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente
Quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções
Justamente as que resgatam
O brilho dos olhos
E os corações ao tropeços.

Morre lentamente
Quem não vira a mesa quando está infeliz
Com seu trabalho, ou amor,
Quem não arrisca o certo pelo incerto
Para ir atrás de um sonho,
Quem não se permite,pelo menos uma vez na vida,
Fugir dos conselhos sensatos...

Viva hoje!
Arrisque hoje!
Faça hoje!

by Martha Medeiros


ps. Martha é uma de minhas mulheres maravilha que escrevem e eu gosto, há muito tempo, eu precisava deste poema...

28 comentários:

  1. Seu post me lembrou o que meu amigo disse uma vez: Que meu tipo de escrita parece com a da Martha. Muito legal!

    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá menina Hellz, tava com saudade...Martha Medeiros é pra lá de ótima referência...sou um apaixonado, pela escrita dela rs e ela também rs...acho que a conheço desde sempre, esta foi a sensação que tive ao ler uma crônica dela levada por uma colega no tempo da faculdade, enfim, após ler, tive a certeza que minha vida estava ligada para sempre com esta escritora, iniciei uma busca desenfreada por seus escritos e me encanto até hoje. Menina Hellz, sabes da admiração que tenho por teus escritos e de como gosto de comentar lá no teu blog, são inspiradores para mim...quanto a Martha, ela possui uma obra vastíssima, livros, crônicas em vários jornais do Brasil, estaras em ótimas mãos se a tem por referência. Obrigado sempre por tua nobre presença neste blog. Todo meu carinho meu respeito emeu abraço.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Meu rei Bratz, meu querido amigo, gosto do que vem da Martha, pois acho forte e sábio também, aliás este é o motivo da postagem deste poema,é mórbido, a princípio, como gosto, e o texto é leve, forte e sábio...tem dedo teu nisso, és sempre tão up comigo, e depois dos últimos posts, meio bem eu, um tanto depressivos, e este poema veio ao meu encontro, então pensei ser um sinal, um bom sinal...sempre muito feliz com tua doce presença.
      "Morre lentamente
      Quem destrói seu amor próprio,
      Quem não se deixa ajudar."
      Eu aceito e aceitarei sempre palavras que me salvam a alma, estas ajudas dos amigos que por aqui aportam. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
  3. Grande amigo Jair, ler a Matha faz bem. Viver é isso, é fazer de cada dia uma nova descoberta..
    Um abração. Tenhas um bom dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido poeta Dilmar, perfeita síntese do poema desta mulher incrível que é Martha Medeiros, dona das palavras, viver é se redescobrir cada dia, se reinventar...o bom destes comentários é que podemos rever ou até ver as coisas por outro angulo ou de uma outra forma não pensada por nós, obrigado pelo carinho da presença, amigo poeta. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  4. Um abraço, meu caro. Tô a área aqui tb ! O momento sempre será o agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido Douglas, a satisfação e o prazer de tua chegada neste espaço, naõ tenho como descrever, tou muito feliz...antes agora do que nunca rs, que bom que é agora tua presença aqui. Foi com o Bratz, meu rei que te vi com a camiseta do time que torço, num post dele, fora nossas cruzadas por caminhos comuns, da tribo dos que escrevem nós somos rs...Me aguarde, e muito agradecido por fazer parte desta família. Todo meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
  5. Jair: que arrisquemos novos caminhos..sempre!!
    Ando meio temerosa...mas por vezes audaciosa...cansada de erros....e ansiosa por acertos..Adorei sua visita ao meu Cotidiano.
    Abraços carinhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um poema inspiração para mim, quando bati o olho me vi e não me vi, coisas que faço e outras que precisaria fazer, sair desse redemoinho de desilusões que vivo rs(gosto de um drama)...mas eu também temo algo ao assistir telejornal, por exemplo, mas não me impede de sair para a rua, para o trabalho, para a vida no outro dia...mas como sempre digo de mim, vou tentando, tentando....é sempre um prazer navegar por teus blogs. Obrigado sempre pelo carinhosa visita. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
  6. Oi, Jair, também gosto muito da Martha, li muitos de seus livros (quase todos) crônicas e poemas muito bons. Veio a somar o lote de ótimos escritores que temos no RS. O que é bom é que sentimos carinho e nos orgulhamos deles todos.
    Você fez uma bela homenagem!
    Grande abraço, amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá minha querida amiga Tais, és dessas mulheres maravilhosas que me pegaram pela escrita rs. Eu particularmente gosto muito dos nossos lendários escritores, talvez pela proximidade, porque nosso país é muito rico culturalmente. No meu perfil do blog ela aparece na ala dos escritores favoritos, há muito admiro seu trabalho, sua maneira burguesa divertida de falar das coisas, da vida, ela é chic e ao mesmo tempo tão normal, ou seja, é um belo exemplar do sexo feminino, exercendo com toda a força da natureza o que as mulheres fazem de melhor, tudo, inclusive quando escrevem, né Tais ?
      Falta muita coisa dela para eu ler, as cronicas são as que mais chegam rápido aos meus olhos, mas tenho livros na lista dos que tenho de ler, e quero mais poemas também. Minha querida Tais, ainda penso no teu último post, sobre aquele aplicativo doido, terei de voltar lá novamente...viu, este é o poder das palavras e de quem escreve, neste caso uma mulher, tu, pois sempre fico achando que faltou comentar algo em tuas cronicas. Como disse uma moça que comentou no post anterior, eu bebo e como tuas palavras, eu adorei isso que ela escreveu, e repito agora para teus escritos. Sempre feliz demais com teu lúcido comentário e mui querida visita. Todo o meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
    2. Jair, você é a pessoa mais generosa e mais educada que conheço ao fazer um comentário. Acho que todos pensam o mesmo! Só tenho de agradecer!
      Um bom fim de semana, amigo.

      Excluir
    3. Querida Tais, muito obrigado por tamanha consideração, fico feliz e honrado com tuas palavras, acredito que se uma pessoa no mundo pára e le algo que euzinho escrevi, eu deveria no mínimo agradecer, agradeço e tento demonstrar com palavras o quão feliz eu fico, e no teu caso querida amiga Tais, naõ é só gentileza, eu tenho uma imensa consideração por teus escritos, por teu talento. Para sempre carinho respeito e abraço.

      Excluir
  7. Respostas
    1. Taí uma palavra que serve para Martha Medeiros, já coisas dela que noi final eu só pude exclamar: perfeito...então estás em ótima companhia. Querida Patricia tua presença perfuma este ambiente, obrigado pela visita e comentário perfeito. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
  8. Poucas coisas na vida nos escravizam tanto quanto nossos hábitos. Acreditamos que nos facilitam o dia-a-dia, quando na verdade eles funcionam mais como algemas e mordaças, restringindo nosso olhar, mantendo nossa imaginação bem presa na coleira... E os hábitos que nos trazem alguma espécie de conforto (como esse meu costume de ficar fechada no quarto, por exemplo) podem ser os piores... Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida Mônica C., li teu comentário e caí do cavalo (rs piadinha rs), abriu-se uma clareira na minha mente, na minha vida. Tudo que acredito e tento colocar em pratica comigo, meus hábitos, como gosto de dizer, não passam de ciladas....meu Deus, Mônica C. e é tudo tão silêncioso e bacana, penso que sou estiloso por estar só, enfiar minha cara no computador e ser meu próprio avatar, é tão claro (ficar finais de semana trancado em casa, e aos domingos chorar), não é tão recorrente hoje, mas ainda acontece...mas nunca é tarde,e eu gosto de tentar.
      Amei teu comentário, e o que m ais me dói disso tudo que vivo, é esta restrição do olhar (quanta coisa devo ter perdido - meu grande amor, quem sabe?). Querida Mônica C., não é à toa que a escrita das mulheres exercem este poder sobre mim, são seres espetáculares, muito obrigado por tua presença iluminadora, esclarecedora e muito feliz para mim, obrigado. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
  9. Olá, Jair!

    Martha Medeiros é daquelas mulheres, que valem a pena. Inteligente, bonita, por dentro e por fora, "atrevida" e muito pertinente.

    Não devemos deixar para amanhã, o que queremos ou devemos fazer, JÁ, HOJE, e é bem certo.

    Adiar ou não fazer, é "morrer", um pouco.

    Bom fim de semana.

    Abraço cordial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Luz, que ilumina minha vida e palavras, eis aqui um encontro de Titãs ou melhor, de mulheres maravilha, e com tuas palavras, mais uma vez me diz o que eu sinto e quero...tua definição e palavras pra Martha Medeiros me deixam feliz para carambra.
      Não posso cair nesta armadilha, que pensava ser algo bom, algo que estava em mim, mas não, agora eu sei, que adiar é morrer um pouco a cada instante. Obrigado Luz, por estar estar aqui, por existir, por tuas palavras e por me fazer mais feliz. Todo meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
  10. Morrer lentamente é coisa que eu não quero mesmo!!! E Martha Medeiros é diva mesmo... tenho vááááários dos livros dela e até já tive o prazer de conhecê-la!!! Muito bom esse texto... um dos meus favoritos! Boa semana, Jair!!! Hugzão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu precioso amigo Fred, o fofo, como não ficar feliz com tua presença tudo, juntando-se aos que reverênciam esta mulher que é só perfeita rs...afiada e leve e cáustica e chic, e muito mulher sempre, e o bom, é que a obra é vasta e contínua...meu querido tua presença me embriaga (no bom sentido rs) sempre. A semana começou de briga com colega - chato - mas vamo lá. Obrigado pelo carinho. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
    2. Os chatos fazem parte... tenhamos paciência com eles... hahahaha! Hugz!

      Excluir
    3. Não tenho muito que fazer, senão pedir desculpas, mas como eu não fui completamente culpado, por isso vou ficar na minha e evitar qualquer outro conflito com o colega. Tua presensa me desperta o prazer de viver e ter amigos. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  11. Oi, Jair!
    Martha Medeiros é fenomenal!
    Verdades "nuas e cruas"!
    Tenha uma semana muito feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Jossara que bom estares aqui nesta celebração de uma escritora brasileira, que amamos. Muito obrigado por tua presença carinhosa. Meu carinho meu respeito e meu abraço.

      Excluir
  12. Lindas palavras Jair.
    Sou seu seguidor.
    Vou seguir algumas sugestões.
    Preciso viver mais.
    Paz e Luz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porf. Gilberto, perdão, tou sempre revendo e relendo os comentários de meus posts, mas me passei, só hoje lhe encontrei, e o barato é que acabei de vir do seu blog, onde deixei um comentário e sou teu seguidor também. Fico muito feliz que esta ferramenta tenha feito nos cruzar nesta vida, seja bem vindo, pois se gostou das palavras daqui, eu gostei das palavras de lá, então teremos até como permutar sugestões rs para vivermos melhor, obrigado por chegar até aqui.
      Eu gosto tanto do que dizes:" Preciso viver mais.", eu também meu caro professor, eu também. Carinho respeito e abraço.

      Excluir