sexta-feira, 27 de novembro de 2015

DIVINA COMÉDIA HUMANA


                    Já assisti muita novela, do tempo que eram interessantes, tinham motivo, enredo, sentido...lembro de uma, o Rei do Gado, que tratava entre outras coisas de assentamento de terra, e existia um Senador, interpretado pelo maravilhoso ator Carlos Vereza, lembro mais dele como Graciliano Ramos em Memórias do Cárcere, enfim...Esta semana fiquei sem saber o que sentia, medo, revolta, nojo, raiva, porque afinal de contas é um dos cargos mais altos e importantes da política nacional, são senhores de confiança, ou eram, até eu saber que foi decretada a prisão de um Senador da República...então invoco Legião Urbana: que país é esse ?
                    Falar de política sempre é chato, ainda mais sabendo o tipo de político que temos no nosso país, não generalizo, mas poucos se salvam. Então percebo o caos que estamos vivendo, não perco a esperança, tenho medo que ela me perca...




Divina Comédia Humana


Estava mais angustiado que um goleiro na hora do gol
Quando você entrou em mim como um Sol no quintal
Aí um analista amigo meu disse que desse jeito
Não vou ser feliz direito
Porque o amor é uma coisa mais profunda que um encontro casual
Aí um analista amigo meu disse que desse jeito
Não vou viver satisfeito

Porque o amor é uma coisa mais profunda que uma transa sensual
Deixando a profundidade de lado
Haa eu quero é ficar colado à pele dela noite e dia
Fazendo tudo e de novo dizendo sim à paixão, morando na filosofia
Quero gozar no seu céu, pode ser no seu inferno
Viver a divina comédia humana onde nada é eterno
Ora direis, ouvir estrelas, certo perdeste o senso
E eu vos direi no entanto:
Enquanto houver espaço, corpo, tempo e algum modo de dizer não eu canto

 
by Belchior

37 comentários:

  1. Jair perder a esperança é humano e faz tempo que eu perdi. Mas você foi perfeito em sua constatação e isto eu jamais permitirei: "Que a esperança me perca"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu rei, meu adorado amigo Bratz, quero acreditar que ainda tenho esperança, que ainda poderei viver na santa paz, aquela que se sonha, que se quer...paz e caos não combinam, é onde me sinto neste país, no caos. Perdão pela ausência em teu blog, mas continuo sem internet, e do jeito que tá, acho que não terei tão cedo (ainda tenho esperança rs). Minha esperança começou a partir quando sofri minha maior decepção amorosa, mas estas coisas egoístas são tão mesquinhas diante do tamanho da crise existencial, ambiental, econômica que atravessa o mundo, mas me sinto vivo, apesar de ser tão mórbido. Meu amigo muito querido, assim como Deus, a esperança não há de nos abandonar e atravessaremos mais uma crise de nossa história. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  2. Aqui por estas bandas nem vale a pena falar de políticos idem.
    São mesmo todos iguais. Falam, falam, mas todos querem poder!

    Adorei a tua frase!

    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudia minha amiga de além mar, sempre um imenso prazer te-la aqui, obrigado por palavras tão gentis, mas acho que é uma epidemia mundial, político mal caráter...nõs só temos a lamentar e não votar mais nestes energuminos...Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  3. Enfim!

    Às vezes até nos surpreende a justiça
    Dá ao povão certa alegria inesperada
    Ingente, contra o bandido, entra na liça
    Vencendo a inércia taca-lhe barretada.

    Invertendo aquela imagem de preguiça
    Navega em água mansa quase parada
    Assim acaba merecendo aquela missa
    Cantada, tocada, linda, meio engraçada.

    O Senador pego em completo flagrante
    Mijando no pijama apavorado de medo
    É, durante roubo, orgulhoso e elegante.

    Diante da autoridade permanece quedo
    Inquieto, amedrontado e meio cagante
    Agora que lhe desvendaram o segredo.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Senhor de todas as palavras, meu amigo e xará e poeta Jair Lopes diante de tanta desgraça, surge uma luz, fraca, mas luz que nos dá esta triste notícia, mas ao mesmo tempo uma alegre, agora sabemos. Não sei se serve de consolo, mas por muito tempo vivemos nas trevas da corrupção, não se sabia quem, mas sabíamos que existia. Este é o lado bom, a luz nos mostra, e conhecendo o inimigo temos mais chances na batalha. Sempre soube que existia roubos na administração pública deste país, acho que todos sempre soubemos, mas hoje sabemos e conhecemos quem cometeu o crime...quem diria, um Senador da República. Meu amigo, sempre muito agradecido e feliz com tua nobre presença e espetaculares acrósticos, obrigado. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  4. Meu querido amigo....
    Imagine quanta esperança tenho eu que trabalho no serviço público, em uma área essencial, a da saúde. O que vejo de politicagenzinha no dia a dia, corrompendo e impedindo a realização de um serviço essencial e fundamental como o funcionamento de hospitais públicos, me faz imaginar como acontece a politicagenzona... aque se pratica em Brasília e nos altos escalões dos estados...
    Não acredito em política, mas acredito menos ainda no posicionamento da população, que grita verdades absolutas e continua não lendo um livro, se deixando direcionar pela opinião das emissoras de tv ou dos ignorantes do facebook... que joga lixo no chão e reclama de enchente, que dá dinheiro para o guarda mas reclama da corrupção... muita hipocrisia e pouca seriedade... me dá preguiça.
    saudades de te ver lá em casa.
    Aparece.
    Beijokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida Anaís, então sabes bem como é a ferida, pois a Saúde é uma das áreas mais prejudicadas, porque trata da saúde, isso é incrível e muito triste...tu faze o mea culpa, nós colhemos o que plantamos, somo s facilmente manipuláveis, somos egoístas e gananciosos, achamos que o mundo gira em torno de nosso umbigo, e continuaremos assim até criarmos certa consciência, respeito por nós mesmos: “Não acredito em política, mas acredito menos ainda no posicionamento da população, que grita verdades absolutas e continua não lendo um livro, se deixando direcionar pela opinião das emissoras de tv ou dos ignorantes do facebook... que joga lixo no chão e reclama de enchente, que dá dinheiro para o guarda mas reclama da corrupção... muita hipocrisia e pouca seriedade... me dá preguiça.” Faço minhas, estas tuas palavras...estive em tua casa, e saí por demais emocionado pelo post que tem o meu nome, pelo que ele diz, o que ele representa, pela consideração, pelo respeito que demonstras comigo, e assim espero retribuir na mesma dose de respeito, carinho e abraço.

      Excluir
  5. PS: Adoro Belchior. Minha preferida é Hora do Almoço. Mais beijokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "HORA DO ALMOÇO

      Belchior

      No centro da sala, diante da mesa
      No fundo do prato comida e tristeza
      A gente se olha, se toca e se cala
      E se desentende no instante em que fala
      Medo, medo, medo, medo, medo, medo
      Cada um guarda mais o seu segredo,
      A sua mão fechada, a sua boca aberta,
      O seu peito deserto, a sua mão parada,
      Lacrada, selada, molhada de medo
      Pai na cabeceira, é hora do almoço
      Minha mãe me chama, é hora do almoço
      Minha irmã mais nova, negra cabeleira
      Minha avó reclama, é hora do almoço
      Moço, moço, moço, moço, moço, moço
      Que eu ainda sou bem moço prá tanta tristeza
      Deixemos de coisa, cuidemos da vida
      Pois se não chega a morte ou coisa parecida
      E nos arrasta moço sem ter visto a vida"

      ps. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  6. Que país é este? que politicos sao esses? que eleitores sao esses que se vendem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Frida, tres perguntas que devemos nos fazer e refletir profundamente...sinto falta do teu blog, do movimento da dança da cigana, sempre tem uma por lá, é tão lindo...tou sem net, mas vou aparecer e curtir teu blog que gosto muito. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  7. Olá, Jair.
    Realmente é muito triste ver que a cada dia aparecem novas e contundentes denúncias de corrupção no nosso país. E com aqueles que deveriam ser os mais dignos de confiança. Fica aquele sentimento de "Confiar em quem agora?" Complicado...
    Abração
    Blog fernu Fala II

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito complicado Fernando, mas é um imenso prazer recebelo por aqui, quer dizer que acabou a lua de mel ? agora é vida real meu caro, mas não se preocupe, se há amor e Deus, tudo dará certo e a felicidfade estará sempre rondando a relação de voces...fica muito difícil confiar a esta altura do campeonato, mas não podemos perder a esperança, é o que nos resta e muito menos a fé, é o que nos mantém vivos e acreditando no melhor para todos. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  8. Caro amigo Jair, ainda bem que temos Belchior, um compositor fora-de-série, autor de obras primas, as quais nem são comentadas ou são pouco, muito menos que o cara merece. As letras de Belchior estão à altura das criações de Chico, Milton, Caetano...entranto, ele é relegado a um plano B, porque não bebe água batizada, vive foras da panelas; eis a sina dos malditos! Mas nós, que viemos de longe, que apreciamos os trabalhos de conteúdos, não abrimos mão dos trabalhos bem elaborados.
    Um abração. Tenhas uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido amigo Dilmar, meu poeta cronista ou seria cronista poeta ? ficou muito feliz e emocionado com teu comentário, dentro do vazio que se apresenta nos dias de hoje, acho que o vazio está mais nas pessoas, do que na arte, as pessoas não tem mais um senso crítico, aceitam qualquer porcaria que chamam de música, porque existem ótimos compositores contemporâneos...mas para mim, estás coberto de razão, assim como o Belchior, um maldito, relegamos muitos artistas, preferindo a frágil arte musical deste tempos, será que estas músicas de hoje sobrevierão ao tempo, como esta música do Belchior ? Quando penso que sou de outra geração, hoje parece que sou de outro planeta, as pessoas não gosta de pensar muito...adorei teu comentário amigo Dilmar, acho que poderíamos falar por horas disso. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  9. Aí, como aqui deste lado do oceano, a classe política, é igual. Em vez de governarem o país e os nossos interesses, eles se governam a eles..
    Lembro de ver por aqui essa novel do Rei do Gado!
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caríssimo fotógrafo Rui, as fotos de Coimbra estão estupendas...há pouco tempo repetiu aqui esta novela que tinha um Senador do bem, ao contrário do senado na vida real hoje no Brasil...é o que está ocorrendo, pessoas sem escrúpulos estão tomando a serviço público atraves da política, isso realmente eu acho muito triste...Sempre muito bom estares por aqui meu amigo, obrigado. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Olha, meu bom amigo Jair, eu já perdi a esperança e creio que ela me perdeu. Aqui as coisas funcionam assim, e desde que nasci escuto que esse é o país do futuro. Um futuro que nunca chega. Lógico que estou contente de ver as nossas Instituições trabalhando muito bem e indo atrás... vão chegar lá, não em todos, pois o negócio está uma pandemia. Se alastrou por todos os cantos. Mas pelo menos será um alento, é aquilo que a Ministra disse ' não podemos deixar que o crime vença a justiça'. É bom ouvir isso. Já é um ponto de partida... Mas é estarrecedor, decepcionante, frustrante. E algo muito amargo ver o que mais gostamos, onde fincamos nossas raízes (nosso país, nosso Estado) ir pro brejo. Mas tenho de conviver com isso, e não vou me matar!!
    Grande abraço, amigo! Desculpe o erro acima.

    ResponderExcluir
    Respostas



    1. Não,m minha querida amiga Tais, a esperança não nos perdeu e nem nós a perdemos, embora pareça às vezes, mas estamos aqui, insistindo, teimando, querendo viver, acho que isso é esperança, nossos blogs falam de vida, de morte, mas de esperança, rimos com um post chamado Trocando de Médico, nos emocionamos e queremos o bem do próximo, somos do bem, por isso não perdemos a esperança, mas quase acreditamos, face a mazelas que vivemos, as atitudes políticas, os nossos políticos que são uma vergonha, mas nós não desistimos, estamos aí para o que der e vier, afinal, “ não podemos deixar que o crime vença a justiça”, uma frase bem dita. Querida amiga, obrigado sempre por teu carinho com este blog, comigo, estou sempre a te ler, adoro, mas co9mentando pouco, estou retomando, me aguarde, sempre muito bom estar contigo. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
    2. É, pode ter razão, sim, meu amigo Jair! Pensando bem, da maneira que você colocou, que tentamos ser felizes, participando, interagindo, buscando verdades, nos divertindo e aprendendo com nossos blogs, nossos amigos...você tem razão. A politicagem desse país é apenas uma parte de nossa vida, e não podemos dar-lhe tanta força à estragar a parte feliz de nossas vidas. Mas terei de trabalhar esse sentimento negativo que trago, anos de decepção, de frustração. Gostei!
      Grande abraço, e paz!

      Excluir
  12. Lo has dicho bien, en la divina comedia humana nada es real, todo es ilusión..salvo el amor...
    Luz y Vida
    Isaac

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi hermano Isaac, tens razão, diante de tudo isso, tanta desilusão, trsitesa, uma comédia humana de humor negro...só nos resta o amor, único sentimento capaz de nos fortalecer para combatermos este mal. Meu querido amigo, sinto-me iluminado com tua presença, gracias. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  13. Lo has dicho bien, en la divina comedia humana nada es real, todo es ilusión..salvo el amor...
    Luz y Vida
    Isaac

    ResponderExcluir
  14. Caro Jair te aconselho a continuar a olhar novela do que politica, vai ganhar muito mais olhando vale a pena ver de novo, eu assisto em meu consultório e me divirto com novelas de epoca que sempre foram boas ao contrario dessas novelas que só ensinam coisas ruins.
    abraço meu amigo.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá dr Eduardo, quando prazer em recebe-lo nesta casa...verdade, agora no recesso poderei me divertir um pouco revendo Caminho das índias, a novela da dancinha rs...falas de algo importante dr Eduardo, pois esta acontecendo umas revolução, as novelas da Globo já não são atrativas (eu fujo da violência), enquanto novelas com tema bíblico ganha em audiência, até novelas infantis, inocentes tem tido a preferência do público em geral, ninguém aguenta mais vera vida real em forma de ficção...dor basta a realidade, precisamos sonhar, e novela era um caminho de sonho que está virando pesadelo. Dr Eduardo fico feliz a e agradecido por sua presença. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Olá Jair, meu amigo, meu parente brasileiro

    Por aí, como por aqui as surpresas desagradáveis se sucedem, relativamente a políticos que julgávamos exemplares. Há um ano aconteceu por cá. Foi preso o anterior Primeiro Ministro. " foi uma bomba" a noticia... Criticaram, ridicularizaram, riram... eu não ri - eu achei triste que um homem que jurou pela sua honra, no acto da posse, e que esteve à frente do País durante uma legislatura, estivesse agora preso por suspeita de corrupção... Pobre País que tais filhos tem...
    Esteve preso o tempo que é de lei - quase um ano - agora anda feliz, diz-se inocente. Os Processos, vários, ainda nem começaram - são rimas de papel...
    Eu acho isto muito lamentável, onde está a honra na palavra e no comportamento?

    Aqui também passou a vossa novela O Rei do Gado. Foi à muito tempo já, mas recordo que tinha qualidade.

    Deixei de ver telenovela (são tantas) não gosto daquele sucedâneo de casos para a prolongarem... mas a maioria das pessoas gosta, e está bem que gostem.

    Grata pela visita no meu cantinho, e pelos comentários duas vezes agradecida.
    "Malhas que as mãos tecem"- lembrei-me de Fernando Pessoa - MALHAS QUE O IMPÉRIO TECE - estão a comemorar os 60 anos da sua morte.

    Jair, encontrou-me... sou de facto a terceira na fila das sentadas, vestida de blusa branca e saia de xadrês.
    O tempo naquela altura corria devagar para nós jovens, e a alegria existia em nós.
    Gosto de recordar, é como Jair diz - ter histórias para contar, prova que se viveu, e algo de bom ficou em nossa memória.

    Saúde, e coragem.
    Abraço, da Dilita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Dilita, minha miga e parente portuguesa, acompanhei o caso do Primeiro Ministro aí em Portugal, eu também acho triste e lamentável...eu também já gostei bem mais de novelas, acompanhava, mas acho que estou curioso demais, não tenho paciência para um enredo enredado amoroso, e agora tá muito em moda aqui novelas com um super teor de violência, eu desaprovo, enfim...Fernando pessoa sempre servirá de referência, sua obra é muito vasta e completa, e é um poeta eterno.
      Nem acredito, mas te encontrei no meio das meninas todas, nossa, acho que isto é sintonia, se bem que dei uma olhada no teu blog onde tinham fotografias tua...não vivo de passado, mas preciso saber o que se passou, gosto de conhecer, uma vez me disseram que conhecendo o passado, teria mais chances ao trilhar meu futuro, ainda meninote e fazendo Movimento Negro, contra o preconceito racial aqui no Brasil, onde fui rever a história do negro neste país, que é muito equivocada...mas adorei ter te encontrado no meio das meninas...sempre bom demais ter contigo querida amiga Dilita, minha parente mais querida de além mar. Carinho respeito e abraço.

      Excluir
  18. Voltei para corrigir. Foi há 80 anos que Fernando Pessoa deixou o mundo dos vivos. Actualmente
    estão a decorrer programas alusivos à data.
    Boa sexta feira.
    Abraço.
    Dilita

    ResponderExcluir
  19. Cresci ouvindo essa frase, que falar de política é chato. Pode parecer loucura minha, mas nunca vi tanta gente falando de politica na minha vida, claro que uma grande maioria, inclusive eu talvez, falando bobagens, mas vejo muita gente tomando posição e tentanto de interar a respeito. Pode ser chato, mas faz parte do nosso cotidiano e nos afeta diretamente, mas eu acho que sem envolvimento nosso direto com ela, hão há esperança que resista, ficaremos nas mãos dos bárbaros! Vamos à luta !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom nos encontrarmos de novo, deletei o blog antigo depois que fiz uma burrada e deletei todas as fotos dele, fiquei triste num primeiro momento, tentei recuperá-lo sem sucesso. Passado um tempo, a perda foi superada, sou um cara adaptável. E depois, pensando bem, vi que foi preciso o processo de perdê-lo, estava eu muito preso a fotografias, escrevia a partir delas, nesse novo, estou mais solto, consigo ser mais eu mesmo sem nenhum tipo de obrigação fotográfica. Hoje, estou mais feliz com o novo, e recuperando velhos amigos ! Abraço !

      Excluir
    2. Meu querido amigo Marcos Campos, verdade nas tuas palavras sobre política, é muito assim nos dias de hoje, estamos falando, o que pode ser positivo, pois antes se falava que não querida falar, e hoje somos obrigados, tudo tem seu lado positivo e negativo também rs, mas o fato é que devemos tentar conhecer o que esta acontecendo, para quem sabe, não repetirmos a mesma burrada nas próximas eleições...lembro que tinhas comentado, ainda no outro blog, de repente não postou mais nada, e como tu és um amigo bem querido, senti saudade, mas agora tou feliz de novo...nós seres humanos temos este poder de adaptação, mas no meu caso não sei o que faria, gosto desse meu blog imutável, como se fosse um papiro para sempre e como não sei mexer muito com informática, prefiro esta zona de conforto, e assim vou indo...quem sabe não tenha de ocorrer algo para quem sabe eu mudar o design do meu blog...mas adorei teu retorno, gostei demais da postagem que vi no teu retorno, dá para sentir no teu texto que algo novo está vindo, e eu aguardo ansioso. Carinho respeito e abraço.

      Excluir