segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

MEU CORAÇÃO PULSA ALEGRE E TRISTE



Por onde olho,
vejo um rastro de corações vermelhos,
não sei se são meus olhos,
alucinação…
não sei também se estou seguindo este rastro,
ou fugindo.
Vejo corações vermelhos…
e não sei o que é o amor.
Sei que fui deixado aqui,
só,
sem pai nem mãe,
apenas só.
Um dia meu cão também me deixará,
ele dorme aos meus pés e é tão velho.
Mantenho relações estéreis e virtuais,
sem futuro,
sem passado,
sem esperança.
Não sei porque vejo corações vermelhos por onde ando,
por onde sonho,
por onde não sou ninguém.
Contarei a história triste de minha vida
para as estrelas,
olhando para o céu,
implorando atenção de Deus.
Meu coração pulsa alegre e triste,
por estar vivo,
por viver,
mesmo só.
Por onde olho,
vejo corações vermelhos
em minha vida,

como um rastro
 e resto de esperança.

by Jair Machado Rodrigues


2 comentários: